Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

É Desporto

É Desporto

23 de Março, 2020

Wu Chuanyu. Um chinês com pontualidade britânica

Especial Jogos Olímpicos (Helsínquia-1952)

Rui Pedro Silva

Wu Chuanyu

República Popular da China estreou-se em Jogos Olímpicos em 1952 mas a edição ficou marcada pela polémica e pelo insólito. Um conflito diplomático com Taiwan atrasou as decisões do Comité Olímpico Internacional e da comitiva de 40 chineses que eram esperados em Helsínquia, apenas um, o nadador Wu Chuanyu, chegou a tempo de participar.

Os pormenores importam. A República da China estreou-se nos Jogos Olímpicos de 1932, em Los Angeles, com apenas um atleta e assim se manteve até Londres-1948. As comitivas podem ter aumentado, para 54 em Berlim-1936 e 31 em Londres-1948, mas os pódios não apareceram.

O que apareceu no final da década de 40 foi uma mudança radical na China. O governo do Partido Nacionalista da China (Kuomintang) foi deposto e muitos dos seus responsáveis refugiaram-se em Taiwan, juntamente com grande parte do comité olímpico nacional. A tensão interna atingiu níveis elevados e o conflito diplomático foi arrastado para os Jogos Olímpicos de Helsínquia, em 1952.

A República da China considerou-se a verdadeira escolha para representar a China nos Jogos Olímpicos e exigiu, sem sucesso, que a República Popular da China fosse impedida de participar. O imbróglio burocrático atrasou todas as decisões. Numa primeira fase, o Comité Olímpico Internacional recusou convidar qualquer um dos dois lados mas a 17 de julho, apenas dois dias antes, votou uma resolução que permitia a participação de ambas as comitivas.

O problema? Os transportes. De Pequim a Helsínquia o caminho era longo e demorado, estava dependente de demasiados pormenores, e foi impossível chegar a Helsínquia a tempo da cerimónia de abertura e, em muitos casos, da participação efetiva. Era esperada uma comitiva de 40 chineses – entre atletas e delegados oficiais – mas apenas um, o nadador Wu Chuanyu, conseguiu chegar a tempo, entrando assim na história como o primeiro atleta da República Popular da China a competir nos Jogos Olímpicos.

O cenário olímpico não era novo para Chuanyu. Afinal, quatro anos antes tinha representado a República da China em Londres, na prova de 100 metros livres na natação. Em 1952, o simbolismo foi radicalmente diferente.

Não se esperava muito e… o chinês de origem indonésia correspondeu às expetativas, voltando a terminar a sua eliminatória dos 100 metros, agora no estilo costas, na quinta posição e com o 28.º tempo mais rápido entre os participantes.

Wu Chuanyu não teve muito tempo para celebrar o seu feito. A vida continuou… mas não por muito tempo. Em outubro de 1954, quando regressava a Budapeste – onde treinava – depois de ter participado no primeiro congresso nacional em Pequim, foi uma das nove vítimas mortais de um acidente de aviação.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.