Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

É Desporto

É Desporto

Forrest Smithson. A lenda do campeão… bíblico

Especial Jogos Olímpicos (Londres-1908)

Forrest Smithson

Norte-americano conquistou o título olímpico dos 110 metros barreiras em Londres-1908. A organização da prova esteve envolta em polémica, por estar marcada para um domingo, e há uma fotografia que tem ajudado a propagar um mito: Smithson foi ou não campeão a correr com uma Bíblia na mão?

A ligação entre o desporto e a religião tem existido desde os primórdios da era moderna dos Jogos Olímpicos. Logo na segunda edição, em Paris-1900, foi célebre o desentendimento entre Alvin Kraenzlein e Myer Preinstein, no qual o segundo esmurrou o primeiro após terem acordado que nenhum deles participaria na final do salto em comprimento… por ser disputada a um domingo.

Oito anos depois, em Londres, a marcação das finais do atletismo voltou a estar envolta em polémica. No dia 25 de julho, domingo, já depois de ter igualado o recorde olímpico na meia-final, Forrest Smithson teve uma prestação arrebatadora: conquistou a medalha de ouro com um tempo de 15 segundos redondos e retirou quatro décimas de segundo ao anterior recorde mundial.

A história não fica por aqui. Há quem diga que Smithson, um devoto cristão, participou na final contrariado e correu com um exemplar da Bílbia na mão esquerda. O facto é suficientemente curioso para ser destacado na imprensa da altura mas não há qualquer tipo de referência esclarecedora. Por outro lado, há uma fotografia publicada no relatório oficial, tirada alegadamente durante a corrida (não é a que ilustra este texto), em que a Bílbia surge na mão esquerda do antigo estudante de Teologia no Oregon.

Forrest Smithson era conhecido por isso. Gostava de correr com a Bíblia na mão para mostrar ao mundo como conseguia a força e a inspiração necessárias para triunfar. Porém, não há prova concreta sobre se a fotografia foi tirada efetivamente durante a corrida ou numa fase de aquecimento.

Talvez seja um mito olímpico. Talvez não. A história dos Jogos Olímpicos também é feita destes pormenores.

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.